Notícias

Regiões descentralizadas recebem investimentos da iniciativa privada

Mesmo com o declínio das taxas de  fecundidade e natalidade, a população na região metropolitana de Goiânia tem crescido acima da média do Estado de Goiás e do Brasil. Conforme os dados divulgados pelo Censo 2010 do IBGE, a taxa geométrica de crescimento populacional da metrópole goiana no período foi 2,23% ao ano, ante a 1,84% do estado e 1,17 da média nacional.

 

Ainda segundo o IBGE, a explicação para o aumento populacional está no processo de migração estimulado pelo desenvolvimento econômico do Estado. Para abrigar os novos moradores, a cidade também cresceu e está fomentando a implantação de equipamentos urbanos em regiões descentralizadas para atender ao público que ali vive.

 

Exemplo está acontecendo  na região leste de Goiânia, na Avenida Anápolis, próximo à Vila Pedroso. A Queiroz Silveira Incorporadora projetou para este ponto da cidade o Golden Shopping, empreendimento  com 274 lojas, de vestuário, alimentação, lazer e serviços. As obras começam ainda este ano, mas o lançamento do Golden Shopping acontece nesta quinta-feira, 22 de maio, às 20 horas no Oliveira’s Place.

 

O empreendimento contará com cerca de  95 mil metros quadrados de área construída, sendo aproximadamente 40 mil de Área Bruta Locável (ABL), posicionando o Golden Shopping como um dos grandes empreendimentos de varejo do Estado de Goiás. O Golden Shopping  atenderá inclusive municípios vizinhos como Senador Canedo, Caldazinha, Bonfinópolis, Leopoldo de Bulhões, entre outros.“Trata-se de uma região de Goiânia que ainda não contemplava um shopping, e esta será uma nova rota de comércio, voltada para as necessidades da população do entorno”, afirma o sócio-diretor da incorporadora, Rogério Queiroz Silveira. O Golden Shopping é um empreendimento da Queiroz Silveira em parceria com a Partner Corporate, empresa que atua no desenvolvimento, planejamento, implantação e gestão de Shoppings Centers por todo País.

 

Rogério Queiroz Silveira explica que o shopping também vem ao encontro das tendências de urbanismo aplicadas ao plano diretor da capital, de se desenvolver as microrregiões da cidade com a implantação de equipamentos públicos e privados, favorecendo a mobilidade urbana. “Nossa pesquisa apontou muitos moradores da região leste que atravessam a cidade para irem a um shopping na outra extremidade da Avenida Anhanguera, no noroeste”, revela.

 

Mas ele lembra que outro ponto fundamental para a empresa apostar no shopping é o crescimento da classe C, que hoje já é maioria da população brasileira.  Este cenário, em Goiás, explica Rogério Queiroz Silveira, é potencializado com o crescimento econômico do Estado, onde o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal de renda cresceu de 0,776 para 0,886 entre 2000 e 2010 na capital. O Produto Interno Bruto Goiano, por sua vez, vem mantendo recordes nacionais. “Temos um mercado consumidor ampliado e potente”, arremata.

 

Diversidade e empregos

 

Com investimento de R$ 140 milhões o Golden Shopping, quando a primeira etapa ficar pronta, irá gerar 1,2 mil empregos diretos e 3 mil indiretos. Durante as obras, 300 empregos diretos e 500 indiretos serão gerados. E os números crescem. Quando o empreendimento ficar pronto, ao final das expansões, o Golden Shopping irá gerar mais de 4 mil empregos diretos e 8 mil indiretos.

 

Entre as 274 lojas que vão compor o shopping três âncoras confirmaram instalação; Riachuelo, Lojas Avenida e Cinema Lumière, com salas de ultima geração. O empreendimento tem ainda três mega lojas confirmadas;  Harrys Brinquedos, PlayZone Park e Games, Dunome Calçados e três lojas satélites; O Boticário, Cacau Show, Loteria da Caixa, além de uma ampla praça de alimentação com Bob’s, Subway, Patroni Pizza, Restaurante Bom Apetite e Giraffas. O estacionamento contará com mais de duas mil vagas.

 

Segundo o Diretor da Partner Corporate, Geraldo Rocha, o projeto do Golden Shopping foi muito bem recebido pelas grandes lojas ancoras do Brasil. “Tendo em vista sua localização e o conceito inovador de seu partido comercial. Aquelas que ainda não assinaram proposta estão em fase de definição junto aos comitês de expansão”, afirma ele.

 

Sobre a Queiroz Silveira, focada em empreendimentos residenciais e comerciais, em 2010 passou a investir no segmento de shopping centers com o objetivo de diversificar a atuação e ampliar seu portfolio. O Golden é o segundo shopping desenvolvido pela Queiroz Silveira - o primeiro é o Shopping Lozandes com 47 lojas e 6 quiosques, cuja entrega está prevista para outubro de 2015, porém a primeira torre já será entregue este mês. Ao todo, o complexo contém 90 mil metros de área construída, ficará ao lado do novo Fórum Civil e próximo ao Paço Municipal. Recebeu em 2011 o prêmio nacional Top Master Imobiliário pelo SECOVI-SP e FIABCI/Brasil. Com 15 anos de história, a empresa conta hoje com mais 200 mil metros quadrados em construção, aproximadamente 850 funcionários diretos e 1,5 mil indiretos.

 

Voltar